Com o fim da greve dos professores, Marcela Trópia cobra reposição de aulas

A Comissão de Educação aprovou, no dia 27 de abril, um requerimento da vereadora Marcela Trópia questionando a Prefeitura de Belo Horizonte e a Secretaria Municipal de Educação sobre a reposição das aulas no município em decorrência da greve dos professores.

Os questionamentos se justificam uma vez que, nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), as escolas devem cumprir pelo menos 200 dias letivos anuais.

Como as aulas da rede municipal de ensino ficaram paralisadas por 24 dias devido à greve dos professores, a vereadora cobrou da Prefeitura a divulgação do calendário de reposição das atividades perdidas.

“A greve dos professores da rede municipal acabou. Continuarei meu trabalho de fiscalização para enfrentar as consequências do longo fechamento das escolas em BH”, afirma a vereadora Marcela Trópia.

A parlamentar faz os seguintes questionamentos:

  • A Secretaria Municipal de Educação já possui o levantamento de todas as aulas que deverão ser repostas em razão da greve dos profissionais da educação?
  • Já foram elaborados os parâmetros para reposição integral dos dias parados e garantia da oferta dos 200 dias letivos previstos na legislação educacional?
  • Já foi repassado aos pais e responsáveis o calendário de reposição das aulas pelos dias de paralisação?

Equipe Marcela Trópia

Veja também

Vereadora Marcela Trópia - Partido Novo

Av. dos Andradas, 3100, Gabinete B308

Santa Efigênia, BH/MG

Email: contato@marcelatropia.com.br

Telefone: (31) 3555-1168 / (31) 97177-8112 (WhatsApp)